Arquivo da categoria: Mercado

Vulnerabilidade no Site AliExpress Expoem Informações Privadas de Milhões de Usuários

INTTERSEC

AliExpress é um site de E-commerce da China, e possui mais de 300 milhões de usuários ativos em mais de 200 países.

A vulnerabilidade permiti que a partir de um exploit qualquer tenha acesso a milhões de contas cadastradas no AliExpress sem ao menos ter conhecimento suas senhas.

Amitay Dan, um pesquisador de segurança Israelense reportou a vulnerabilidade em vídeo, acompanhe abaixo.

Links úteis

  1. Saiba mais, verifique a fonte: Fonte: http://thehackernews.com/2014/12/aliexpress-website-vulnerability_7.html
  2. Amitay Dan Site: http://www.amitaydan.com/

AliBaBa-AliExpress-Data-Breach-flanubio-inttersec

Ver o post original

A História das Coisas

Esse vídeo mostra, de fato, como realmente estamos vivendo. Temos um planeta finito administrado por um sistema linear, sem volta, um verdadeiro “consumismo extremista”.

Temos muito o que mudar, mas antes, precisamos enxergar com clareza e sabedoria o que nos rodeia, seja no meio social, profissional ou pessoal.

Padronizando pessoas

Padronizando pessoas

Você deixaria de comprar em um lugar por que o atendente usa um Black Power, barba cerrada, ou tem três cores de cabelo diferentes? Pois é uma boa parte das empresas pensa que sim.

Ninguém aqui está falando de falta de higiene pessoal, então não me venha com churumelas por que esse tipinho eu conheço mais de cem, estou falando que pessoas não são iguais e nem devem ser. Cada um como indivíduo tem seus próprios valores e gostos, não dá para afirmar que a maioria prefere um padrão. será que um corte social é tão importante assim? Numa empresa com certeza deve haver coisas mais importantes para se preocupar, a felicidade do funcionário por exemplo. E com certeza ele será mais feliz estando em harmonia com seu visual. Facebook e Google manjam disso e olha tamaninho dos meninos?

Coisas que algumas empresas deveriam começar a pensar:

1. Um funcionário infeliz dificilmente ficará numa empresa por mais de um ano, e rotatividade custa tempo e dinheiro para uma empresa.

2. Um funcionário feliz é mais produtivo.

3. Consequentemente, empresas que se preocupam com a felicidade dos funcionários lucram mais. Sem precisar vender sua alma.

4. Muitas já sabem disso.

 

 

%d blogueiros gostam disto: