Arquivo da categoria: Humanidade

Liter Of Light – Como fazer uma garrafa plástica mudar o mundo?

O projeto Liter of Light começou em Filipinas com apenas uma “lâmpada de garrafa”. Eventualmente, o movimento cresceu e alcançou mais de 28 mil casas e mais de 70 mil pessoas só em Metro Manila. E hoje, o Liter of Light está presente na Índia, Indonésia e até mesmo em lugares mais distantes como Suíça.

Fonte: http://aliteroflight.org/about-us/
Tradução: Flanubio Ribeiro

O que você precisa para construir sua própria lâmpada de garrafa?

Uma garrafa PET + Água + Cloro. Acompanhe passo a passo no vídeo abaixo:

Para saber mais sobre este projeto acesse http://aliteroflight.org, obrigado!

Anúncios

O que define a vida ?

O que define a vida? Um conjunto de reações químicas e fisiológicas diferentes a cada ser? Um modo com o qual guiamo-nos por objetivos, metas ou superamos obstáculos? Ou ainda o modo com que carregamos nossos ideais, sonhos, ideias e no decorrer de um período de tempo os botamos em pratica ou não? Com tais auto-indagações chego à conclusão que a vida em seu conceito mais puro e simples é formada, essencialmente, por informação.

Um exemplo de que a informação rege a “orquestra” da vida é próprio DNA: Mesmo composto pela mesma matéria em todos nós, difere-nos com a forma que a sequência genética é organizada e configura semelhanças e diferenças entre nós enquanto seres humanos, como um grande disco rígido de um computador onde a simples sequência de bits torna sua funcionalidade diferente de outro de mesma capacidade.
Imagine um invento revolucionário! Um “teletransportador” de pessoas repare o uso de aspas afinal nesse tal invento sugerido por mim, a pessoa não chega a seu destino, mas sim suas lembranças, sonhos , ideais, valores, pensamentos em fim toda carga informacional tanto de seu psicológico quanto de sua genética, e toda essa carga é implantada em um clone idêntico que passará a substituir essa pessoa enquanto seu corpo real se desintegra Leia o resto deste post

A História das Coisas

Esse vídeo mostra, de fato, como realmente estamos vivendo. Temos um planeta finito administrado por um sistema linear, sem volta, um verdadeiro “consumismo extremista”.

Temos muito o que mudar, mas antes, precisamos enxergar com clareza e sabedoria o que nos rodeia, seja no meio social, profissional ou pessoal.

Comunidade sobre Cultura Sustentável

Não depender de governos é o que temos desenvolver desde de já para uma boa revolução social e política. Estamos sedentos, e em geral as pessoas não desenvolveram nenhuma habilidade profissional que não esteja diretamente dependente de governos ou empresas privadas para sustentarem-se com uma boa qualidade de vida. Estou nesse barco.

A questão não é abandonar a forma como vivemos atualmente, e sim, aperfeiçoá-la. Não podemos simplesmente ficar a mercê do que o governo tem a nos “oferecer”, se assim mantivermos, seremos simples marionetes nas mãos dessa falsa democracia. Somos.

Abaixo vou deixar uma indicação sobre como aprender fazer algumas coisas sozinhos, economizando dinheiro, recursos, e adquirindo habilidades que talvez estavam adormecidas. Precisamos fazer mais e depender menos!

FAIR COMPANIES: http://faircompanies.com/

Negação: Fodástico!

bNão vou dar uma aula de psicologia aqui e também não quero me comparar com uma pessoa que  manja nessa área, muito menos dar a entender que as descobertas fodas desse gênio que foi Freud, são coisas simples. Um mecanismo de autodefesa do cérebro que foi descoberto graças as pesquisas de Freud, chamou particularmente a minha atenção: A negação. Funciona basicamente assim, o cérebro “descarta” certos pensamentos sem nem mesmo “processa-los” por serem complexos demais para nós, isso porque eles nos trazem angustias. Leia o resto deste post

Padronizando pessoas

Padronizando pessoas

Você deixaria de comprar em um lugar por que o atendente usa um Black Power, barba cerrada, ou tem três cores de cabelo diferentes? Pois é uma boa parte das empresas pensa que sim.

Ninguém aqui está falando de falta de higiene pessoal, então não me venha com churumelas por que esse tipinho eu conheço mais de cem, estou falando que pessoas não são iguais e nem devem ser. Cada um como indivíduo tem seus próprios valores e gostos, não dá para afirmar que a maioria prefere um padrão. será que um corte social é tão importante assim? Numa empresa com certeza deve haver coisas mais importantes para se preocupar, a felicidade do funcionário por exemplo. E com certeza ele será mais feliz estando em harmonia com seu visual. Facebook e Google manjam disso e olha tamaninho dos meninos?

Coisas que algumas empresas deveriam começar a pensar:

1. Um funcionário infeliz dificilmente ficará numa empresa por mais de um ano, e rotatividade custa tempo e dinheiro para uma empresa.

2. Um funcionário feliz é mais produtivo.

3. Consequentemente, empresas que se preocupam com a felicidade dos funcionários lucram mais. Sem precisar vender sua alma.

4. Muitas já sabem disso.

 

 

The Distortion of Sound

Um documentário bem interessante! The Distortion of Sound (A distorção do som) lançado esse mês, fala sobre o declínio da qualidade da música contemporânea e sobre como a tecnologia mudou a forma como ouvimos música. Com a participação de músicos como Mike Shinoda do Linkin Park e Slash.

Obs.: O documentário está em inglês, mas você pode ativar as legendas do Youtube em português. Veja.

%d blogueiros gostam disto: